Avatar Wiki
Advertisement
Emblema espiritual.png


"Eu vivi dez mil vidas antes que o primeiro de sua espécie se arrastasse para fora da lama. Fui eu quem rompeu a divisão que separava o plano dos Espíritos do mundo material. Odiar-me é me dar fôlego. Lutar comigo é para me dar força. Agora prepare-se para enfrentar o esquecimento!"
— Vaatu a Wan durante sua batalha na Convergência Harmônica.

Vaatu é o Grande Espírito das Trevas e do Caos. Ele é uma das mais antigas entidades conhecidas, existindo por milhares de gerações antes do aparecimento dos primeiros seres humanos. Ele foi o primeiro espírito a passar para o Mundo Físico ao romper o limite que separavam ambos os planos, posteriormente, permitindo que outros espíritos fizessem o mesmo. Sua essência tendia os espíritos para o lado sombrio, transformando-os em seres das trevas. Quando Vaatu foi separado de Raava por Wan antes da Convergência Harmônica, o espírito das trevas reuniu um grande contingente de servos, reduzindo o poder da oponente. Raava, durante um ano, instruiu o humano, Wan, nas artes elementais. No evento, ambos fundiram-se e criaram o Espírito do Avatar. Possuído por Raava, Wan trancafiou Vaatu na Árvore do Tempo por dez mil anos. Nas proximidades da próxima Convergência Harmônica, ele foi liberto por Unalaq, Chefe da Tribo da Água do Norte, e fundiu-se com este, criando o Avatar Sombrio. Juntos, retiram Raava de Korra e a destruíram. UnaVaatu cresceu e torna-se uma poderosa entidade das Trevas e foi para Cidade República, onde inicia a destruição. Korra desenvolve a Dobra de Energia nesse meio tempo e projeta sua imagem astral para combater o inimigo. Ela consegue ressuscitar Raava do corpo possuído de Unalaq e o purifica. Depois disso, Vaatu é banido para o Mundo Espiritual, e mais uma vez trancado na Árvore do Tempo, onde permanecerá por mais dez mil anos.

Advertisement