Avatar Wiki
Advertisement
Emblema da República Unida das Nações


A Polícia de Cidade República está encarregada da aplicação da lei em Cidade República.[1] Ela é composta por um chefe de polícia, detetives, oficiais regulares e uma equipe policial de elite de Dobra de Metal, fundada por Toph Beifong.[2] A Polícia de Cidade República monitora eventos na cidade através do uso de vários dirigíveis e carros da polícia. Eles também têm sua própria freqüência de rádio para se comunicar; no entanto, esta frequência de rádio foi interrompida pela criação do portal do espírito em 174 DG.[3] O chefe de polícia lidera a Polícia de Cidade República e a Força Policial da Dobra de Metal.

História[]

A Polícia de Cidade República foi estabelecida após a formação de Cidade República, e Toph, que criou a Força de Polícia de Dobra de Metal de elite, liderou a organização por vários anos. A polícia, especificamente a Força de Dobra de Metal, ajudou na prisão do notório chefe do crime e dobrador de sangue, Yakone,[4] e vários oficiais, incluindo a própria Toph, também forneceram segurança durante seu julgamento.[5] No entanto, como todos os outros presentes no julgamento, esses oficiais de Dobra de Metal foram submetidos à submissão de sangue por Yakone, permitindo que ele escapasse.[6]

Em 142 DG, Toph renunciou ao cargo de chefe devido à culpa que sentia por deixar sua filha mais nova, Suyin, andar livre depois que ela foi presa por Lin.[7]

170 DG[]

A força foi rápida em responder a um incidente envolvendo Avatar Korra em sua chegada a Cidade República em 170 AG. Vários policiais chegaram ao local depois da breve porém destrutiva luta de Avatar com três membros da Tríade da Ameaça Trípla, que estavam aterrorizando o dono de uma loja de fonógrafos. Após a pequena briga, a polícia reuniu os membros da tríade derrotada e disse a Korra que ela estava presa por danos à propriedade como resultado da briga. Korra tentou fugir em Naga, mas um dirigível capturou-a e levou-a ao quartel-general para interrogatório por cortesia de Lin Beifong.[8]

Revolução Anti-Dominação[]

Durante o torneio de dominação profissional, a força policial forneceu segurança extra, fornecendo aeronaves da polícia, barcos da polícia e oficiais para proteger as imediações ao redor da arena depois que os Igualitários ameaçaram atacar o prédio. No entanto, os Igualitários, que estavam escondidos entre o público, rapidamente incapacitaram os Dobradores de Metais. Em algum momento durante a incursão, todos os barcos da polícia e dirigíveis ao redor da arena também foram destruídos.[4]

Após o ataque na Arena de Dominação Profissional, Tarrlok organizou uma conferência de imprensa. Ele pediu uma nova liderança da polícia após o fracasso do chefe Lin Beifong em impedir a destruição da arena. Enquanto isso, a Força Policial de Dobra de Metal lançou uma investigação aprofundada sobre quem fabricava as armas de alta tecnologia dos Igualitários, questionando testemunhas para obter informações. Eles investigaram a fábrica da Corporação Repolho, encontrando provas incriminatórias suficientes para prender Lau Gan-Lan, o chefe da corporação. Depois que Avatar Korra disse a Chefe Beifong sobre uma possível conexão entre Hiroshi Sato e os Igualitários, a Força Policial de Dobra de Metal, junto com Tenzin e Korra, procurou por qualquer indicação de tal delito. Nenhum dos armazéns das Indústrias Futuro continha qualquer coisa do tipo.

No entanto, depois de receber uma denúncia anônima, a força policial invadiu a propriedade de Sato em busca de uma fábrica secreta sob suas terras. Oficiais de Dobra de Metal acompanharam Lin Beifong e o resto do grupo de busca, mas foram emboscados por tanques de mecha Igualitários e logo foram dominados. Enquanto parte do grupo foi capaz de escapar através de uma aeronave, vários oficiais de Dobra de Metal foram capturados e levados para Amon. No entanto, após a fuga, Lin Beifong declarou sua resolução de renunciar como chefe e recuperar seus homens sem as restrições da lei.[9]

Após a renúncia da chefe Beifong, Saikhan foi nomeado chefe de polícia e concordou em emprestar os recursos disponíveis da força policial para Tarrlok e sua força-tarefa. Como resultado, a influência do conselheiro na força policial aumentou muito. Muitos oficiais de Dobra de Metal foram convocados para acabar com uma suposta manifestação igualitária no bairro de Dragon Flats. Na cena do crime, policiais prenderam Mako, Bolin e Asami Sato, bem como as multidões não dominadoras no bairro sob o comando de Tarrlok; eles estavam desobedecendo o recém-promulgado toque de recolher obrigatório. Após o incidente, Tenzin e Korra chegaram ao quartel da polícia, exigindo que o Chefe Saikhan libertasse os amigos de Korra e os não-dobradores que haviam sido presos. O Chefe aconselhou-os a falar com Tarrlok sobre o assunto.[1]

Tarrlok ordenou que o chefe Saikhan mobilizasse toda a força policial para encontrar o Avatar quando Amon supostamente a seqüestrou. No entanto, isso era simplesmente uma manobra para manter a força ocupada enquanto Tarrlok dispunha do Avatar.[6] Enquanto procurava o Avatar em uma rede de túneis que passava por Cidade República, Lin Beifong, Tenzin, Bolin, Mako e Asami se depararam com uma prisão igualitária. Após empregar seu sentido sísmico e embarcar em uma curta pesquisa, Lin encontrou seus ex-oficiais encarcerados em uma cela, e ela usou sua dobra para abrir suas grades. Ao entrar, Lin perguntou a seus oficiais se Amon já havia removido sua dobra, para a qual um oficial assentiu. A equipe e seus aliados recentemente resgatados passaram a escapar da instalação através de um carrinho de bonde igualitário.[6]

Durante a batalha por Cidade República, numerosos policiais de Dobra de Metal foram eliminados quando as forças de Amon retiraram gás lacrimogêneo na sede da polícia. Mais tarde, enquanto o conselheiro Tenzin liderava com segurança um grupo de policiais e telefonistas do lado de fora, vários oficiais, incluindo o chefe Saikhan, foram capturados por tanques mecânicos Igualitários equipados com grandes ímãs.[10]

Vários oficiais mais tarde tiveram sua dobra removida por Amon no Templo do Ar da Ilha, junto com várias sentinelas da Ordem do Lótus Branco.[11]

171 DG[]

Guerra Civil da Tribo da Água[]

Após a Revolução Igualitária, a Força Policial de Dobra de Metal retornou às ruas de Cidade República, Lin Beifong foi reintegrada como chefe,[12] Korra restaurou a dobra para os oficiais que haviam perdido,[13] e Mako tornou-se policial, auxiliando nas prisões de tríades. Quando a guerra civil acendeu na Tribo da Água, a polícia supervisionou uma marcha da paz realizada pelos sulistas fora de seu centro cultural, mas foram incapazes de impedir que a Tríade Agni Kai bombardeasse o centro cultural. Todos assumiram que os nortistas estavam por trás do ataque, mas o oficial Mako, tendo testemunhado o Agni Kais fugindo da cena, sabia o contrário.[14]

A polícia mais tarde postou a segurança em torno da Arena de Dominação Profissional mais uma vez para a estreia de As Aventuras de Nuktuk: Herói do Sul, no qual o Presidente Raiko estava presente. No entanto, quatro dobradores de água se infiltraram na arena e incapacitaram os detetives Lu e Gang, antes de tentar sequestrar Raiko. Quando Bolin forçou um dos dobradores de água a revelar que Varrick era seu empregador, a polícia rapidamente prendeu o empresário. Mako foi posteriormente libertado da prisão. [15]

Depois da Convergência Harmônica[]

Duas semanas após a Convergência Harmônica, a polícia rastreou Daw até a Ponte Kyoshi. Depois que ele acidentalmente foi parar no topo da ponte, o esquadrão de polícia posicionou-se nos cabos de suspensão da ponte na tentativa de ajudá-lo a descer. No entanto, depois que Daw acidentalmente convocou uma rajada de vento que os derrubou da ponte, eles amarraram seus cabos à ponte e aterrissaram com segurança na estrada ao lado de outros membros. Eles observaram como Korra conseguiu colocar Daw no chão.[16]

Alguns dias depois, a polícia começou a rastrear Zaheer e a Lótus Vermelha, que estavam caçando o Avatar e estavam se escondendo na cidade. Os criminosos acabaram sendo detectados tentando passar por um posto de segurança e carros de polícia deram perseguição embora os criminosos pudessem escapar.[7]

174 DG[]

A força policial de Cidade República ajudou a preparar a praça diante da prefeitura para a coroação do príncipe Wu como Rei da Terra, instalando arquibancadas. Durante a cerimônia real, eles protegeram os altos funcionários no pódio, certificando-se de que nenhum dano iriam ocorrer a eles.[17]

Força Policial de Dobra de Metal[]

A Força Policial de Dobra de Metal é a divisão de elite da Polícia de Cidade República,[2] fundada por Toph Beifong.[1] Usando dominação de metal para manipular os cabos de metal dentro dos dispositivos de bobina cilíndricos nas costas, os policiais conseguem conter os criminosos e navegar pela cidade de maneira rápida e eficiente. Junto com este equipamento, eles também são conhecidos por transportar cassetetes e escudos antimotim. Através do uso de vários dirigíveis, eles recebem uma mobilidade extra que lhes permite apreender facilmente criminosos e mobilizar forças para perseguição.[2]

Uniforme[]

Para os oficiais não-dobradores de metal, o uniforme consiste em calças escuras, um casaco com botões dourados e crachá com o logotipo de Cidade República e um cinto usado sobre o casaco. O casaco é cinza, com o colarinho sendo mais claro e os ombros com um tom mais escuro de cinza, com linhas amarelas cruzando.

O uniforme da Força Policial de Dobra de Metal consiste principalmente de armadura metálica segmentada, que oferece proteção contra o Bloqueio de Chi. Carretéis cilíndricos estão presos às costas de cada oficial, com cabos metálicos se estendendo pelo braço; os fios de metal compactados podem ser alongados ou retraídos através de dominação. Os policiais de Dobra de Metal são adeptos da manipulação desses fios de metal, muitas vezes dobrando-os com força suficiente para se agarrarem à terra sólida ou para envolver uma pessoa. Este é o seu principal uso da aplicação da lei, desenvolvido pela própria Chefe Lin Beifong.[18] Esses cabos são a arma preferida dos policiais, mas também carregam equipamentos adicionais, como cassetetes e escudos antimotins.

Para os oficiais de Dobra de Metal regulares, a maioria do uniforme é de cor cinza claro, com o chapéu sendo um tom ligeiramente mais escuro de cinza. A peça do pé da armadura é composta de placas de metal retráteis e permite que os oficiais exponham seus pés ao solo quando necessário. Devido ao fato de que a armadura é feita de metal, os policiais podem rapidamente colocar seus uniformes, utilizando suas habilidades de Dobra de Metal. Para o chefe de polícia, o uniforme é quase o mesmo, exceto que o metal é um tom cinza mais escuro e tem aros dourados separando cada peça da armadura.[6]

Métodos, equipamentos e habilidades[]

Além de manipular os fios presos aos carretéis nas costas, policiais de Dobra de Metal fazem uso de fios de metal dispersos por toda Cidade República. Os policiais podem manobrar pelas ruas anexando um fio de seus carretéis a um fio estacionário, impulsionando a cidade de maneira similar ao balançar de videira. Além disso, os oficiais podem prender os fios a objetos móveis, como os Satomóveis, em cima de um fio estacionário, usando a unidade móvel para "surfar" pela cidade. Saikhan demonstrou essa habilidade enquanto perseguia Avatar Korra. Lin Beifong mostrou a capacidade de estender as lâminas de metal retráteis das mangas de sua armadura.[9]

A força policial opera de maneira eficiente e tenta produzir danos mínimos à cidade. Os policiais são empregados em pequenos grupos por aeronaves de patrulha que circulam constantemente os limites da capital. Uma sirene indica a chegada de unidades policiais, e oficiais chegam logo depois para imobilizar criminosos através do uso de fios de metal, antes de transportá-los para a sede da polícia.[9] Os membros da força policial utilizam scanners policiais para se comunicarem enquanto patrulham Cidade República, além de alarmes e megafones altos.[1] Os operadores dentro da sala de comunicações da sede da polícia coletam e avaliam todas as informações dos policiais, dirigíveis e balsas. Em tempos de emergência, esta sala funciona como o centro de comando do chefe e toda a força policial, dado o seu papel como o entroncamento de toda a comunicação policial.[10]

Quartel general[]

Artigo principal: Quartel general da polícia

A força policial de Dobra de Metal leva criminosos presos para sua sede, localizada no centro de Cidade República. Sua base de operações era um edifício monumental, cuja grandeza era representada pelas numerosas entradas e janelas que adornavam o exterior. Uma estátua de metal de Toph ficava em um pináculo perto do centro do prédio. O prédio foi severamente danificado na invasão de República Unida das Nações, e a polícia de Cidade República se mudou para um prédio temporário.[3]

Membros conhecidos[]

  • Saikhan: capitão e chefe (anteriormente)
  • Toph Beifong: chefe (aposentada)
  • Lin Beifong; chefe
  • Mako: detetive
  • Bolin: oficial, parceiro temporário de Mako
  • Lu e Gang: oficiais, detetives (anteriormente)
  • Song: oficial

Presos conhecidos[]

  • Asami Sato (escapou e teve o nome limpo)
  • Bolin (escapou e teve o nome limpo)
  • Membros da Creeping Crystal Triad
  • Igualitários
  • Hiroshi Sato (morto)
  • Korra (Acusações removidas e libertada por Tenzin)
  • Lau Gan-Lan (inocência comprovada)
  • Mako (escapou e teve o nome limpo)
  • Não dominadores do Dragon Flats borough (libertos)
  • Membros do Red Monsoon Triad
  • Membros da Triáde da Ameaça Trípla
    • Mushi
    • Ping Dois-Dedos (duas vezes)
    • Víbora (duas vezes)
  • Varrick (escapou e foi perdoado)
  • Yakone (escapou, morto)
  • Zhu Li (escapou e foi perdoada)

Referências[]

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 Quando os Extremos se Encontram. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 8. Nickelodeon. (2 de junho de 2012). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos, Ki Hyun Ryu (diretores).
  2. 2,0 2,1 2,2 San Diego Comic-Con 2011
  3. 3,0 3,1 DiMartino, Michael Dante (autor), Koh, Irene (artista), Piekos, Nate; Blambot (letrista), Campbell, Heather; Bak, Jane (cover), Ng, Vivian (colorista). Guerras Teritoriais Parte Um (26 de julho de 2016), Dark Horse Comics.
  4. 4,0 4,1 E o Vencedor é.... A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 6. Nickelodeon. (12 de maio de 2012). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos, Ki Hyun Ryu (diretores).
  5. A Voz na Noite. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 4. Nickelodeon. (28 de abril de 2012). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos, Ki Hyun Ryu (diretores).
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 Do Passado. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 9. Nickelodeon. (9 de junho de 2012). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos, Ki Hyun Ryu (diretores).
  7. 7,0 7,1 Velhas Feridas. A Lenda de Korra. Temporada 2. Episódio 6. Nickelodeon. (18 de julho de 2014). Katie Mattila (roteirista) & Ian Graham (diretor).
  8. Bem-Vinda à Cidade República. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 1. Nickelodeon. (14 de abril de 2012). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos, Ki Hyun Ryu (diretores).
  9. 9,0 9,1 9,2 A Consequência. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 7. Nickelodeon. Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos, Ki Hyun Ryu (diretores). (19 de maio de 2012).
  10. 10,0 10,1 Invertendo a Maré. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 10. Nickelodeon. (16 de junho de 2012). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos, Ki Hyun Ryu (diretores).
  11. Esqueletos no Armário. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 11. Nickelodeon. (23 de junho de 2012). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos, Ki Hyun Ryu (diretores).
  12. Espírito Rebelde. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 13. Nickelodeon. (13 de setembro de 2013). Tim Hedrick (roteirista) & Colin Heck (diretor).
  13. Legend of Korra season 2 premiere: The creators answer our burning questions (September 13, 2013). Retrieved on setembro 13, 2013.
  14. Mantenedores da Paz. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 17. Nickelodeon. (4 de outubro de 2013). Tim Hedrick (roteirista) & Colin Heck (diretor).
  15. Noite das Mil Estrelas. A Lenda de Korra. Temporada 1. Episódio 23. Nickelodeon. (15 de novembro de 2013). Joshua Hamilton (roteirista) & Colin Heck (diretor).
  16. Um Sopro de Ar Puro. A Lenda de Korra. Temporada 2. Episódio 1. Nickelodeon. (27 de junho de 2014). Tim Hedrick, Joshua Hamilton (roteiristas) & Colin Heck, Melchior Zwyer (diretores).
  17. A Coroação. A Lenda de Korra. Temporada 2. Episódio 16. Nick.com. (17 de outubro de 2014). Tim Hedrick (roteirista) & Melchior Zwyer (diretor).
  18. Welcome to Republic City. Nickelodeon (May 4, 2012). Retrieved on maio 4, 2012.
Advertisement