Avatar Wiki
Advertisement
"Acredito que agora tenho sua atenção, dominadores da Cidade República."
Amon fazendo um discurso na Arena de Dominação Profissional.

"E o Vencedor é..." é o sexto episódio do Livro Um: Ar e sexto episódio em geral de A Lenda de Korra. Ele foi ao ar pela primeira vez na Nickelodeon dos Estados Unidos em 12 de maio de 2012.

Visão Geral[]

Korra e os Furões de Fogo se preparam para a final do torneio de Dominação Profissional enquanto Amon ordena que o Conselho da República Unida cancele a partida, sob ameaça de severas consequências. Diante dos pedidos da Avatar e da chefe de polícia Lin Beifong, o Conselho ignora a ameaça e autoriza a realização do evento esportivo. Logo após o final do jogo, Amon e um grupo de Igualitários atacam a arena. Amon faz um discurso bombástico declarando guerra contra todos os dominadores da Cidade República e depois foge junto com seus comparsas, conseguindo escapar de Korra e Lin.

Sinopse Detalhada[]

Korra, Bolin e Mako estão treinando para a final do torneio de Dominação Profissional usando uma foto de um de seus adversários, Tahno, como alvo. De repente, eles ouvem a voz de Amon no rádio. Ele ameaça o Conselho da República Unida das Nações, ordenando que fechem a arena e cancelem a final caso não queiram sofrer "severas consequências".

Sem querer esperar para saber a decisão do Conselho pela mídia, os três vão até o Conselho. Korra interrompe a sessão de votação e exige ser ouvida, como Avatar e como atleta. Tenzin informa que a decisão já foi tomada e que foi unânime: a Arena deve ser fechada. Para a surpresa de Korra, Tarrlok concorda com Tenzin, dizendo que a segurança dos cidadãos é mais importante do que o esporte. Mako e Bolin protestam, mas são ignorados e insultados pelo conselheiro. A Avatar responde que ceder à ameaça de Amon é o mesmo que dar uma vitória ao criminoso. Sem dar ouvidos, Tarrlok se prepara para encerrar a sessão quando é interrompido bruscamente pela chefe de polícia, Lin Beifong, que entra na sala e surpreende todos ao dizer que concorda com Korra. Ela diz que acha que está na hora de tomar uma posição e dar uma resposta ao movimento dos Igualitários. Ela garante que seus dominadores de metal são capazes de fazer a segurança do evento, já que o uniforme que usam é protegido contra o bloqueio de chi.

Conselho votando

Diante das garantias de Lin, o Conselho decide autorizar a realização da partida

Tarrlok pergunta se Lin vai assumir "pessoalmente" a responsabilidade pela segurança, enfatizando bastante essa palavra, algo que Tenzin nota. A chefe de polícia responde que sim, e Tarrlok muda seu voto, dizendo que o histórico impecável de Lin fala por si só. Convencidos, os outros membros do Conselho (menos Tenzin) também mudam seu voto e autorizam o prosseguimento do torneio, para a alegria da Avatar e seus companheiros de time.

Após o final da sessão, Tenzin pede para falar com Lin em particular. Ele expressa preocupação com o fato de ela ter dito que se encarregaria pessoalmente da segurança, e diz que Tarrlok está manipulando ela. Lin responde que sabe o que está fazendo, e Tenzin diz que vai acompanhá-la durante a partida. Apesar de incomodada, ela permite isso. Quando Korra se aproxima para agradecer por ter apoiado ela diante de Tarrlok, Lin simplesmente ignora a Avatar. Korra pergunta para Tenzin se Aang havia feito alguma coisa para que Lin odiasse tanto ela, mas o dominador de ar responde que Lin e o pai dele se davam muito bem e que o ressentimento da policial era com ele. Juntando os pontos, Korra percebe que Lin e Tenzin haviam namorado durante a juventude e que ele havia optado por deixá-la e se casar com Pema. Tenzin, que até então não sabia que a esposa havia contado essa história para Korra, começa a explicar o que aconteceu, mas de repente se dá conta, irritado, de que não tem motivo nenhum para discutir esse assunto com a jovem Avatar. Entretanto, ele sem querer deixa escapar que Lin havia tentado até mesmo prender Pema.

Enquanto isso, em um armazém em algum lugar da Cidade República, Amon está supervisionando o trabalho de várias pessoas quando o Tenente se aproxima dele e informa a decisão do Conselho de manter a Arena aberta. O criminoso responde que "tudo está indo de acordo com o plano".

À noite, os policiais sob o comando de Lin fazem uma vistoria minuciosa da Arena. Há vários veículos da polícia por toda a parte e tudo parece estar sob controle. Tenzin se aproxima e faz uma pergunta sobre o andamento do trabalho, e recebe uma resposta brusca de Lin. O dominador de ar pergunta se não seria possível os dois colaborarem só por uma noite em nome dos velhos tempos, e a policial aceita, prometendo que tentará ser menos ríspida.

Quando chega a hora do começo do jogo, a Arena está lotada. O narrador anuncia a entrada dos Furões de Fogo, e Korra, Mako, Bolin e Pabu entram no ringue sob aplausos. Das arquibancadas, Asami manda um beijo para Mako, que corresponde, ação que novamente incomoda Korra. Os adversários, que também são os atuais campeões, são apresentados a seguir, e fazem uma entrada muito mais chamativa, acompanhada inclusive de fogos de artifício e estrondosos aplausos. Irritada com o exibicionismo, Korra garante que está ansiosa para derrubar Tahno.

Quando começa a partida, logo fica claro que algo suspeito está acontecendo. Os adversários dos Furões executam várias jogadas ilegais sem ser penalizados pela arbitragem. O próprio Tenzin nota essas irregularidades e protesta, o que suscita um comentário sarcástico de Lin. Protegidos pelos árbitros, os atuais campeões avançam rapidamente no ringue e pensam ter derrubado seus oponentes. No entanto, Korra milagrosamente consegue segurar Mako antes de cair e arremessa ele de volta ao campo de jogo. O dominador de fogo acerta um golpe certeiro em Tahno logo antes do fim da primeira rodada.

White Falls Wolfbats

Os adversários de Korra e sua equipe, que burlaram as regras do torneio para poder ganhar

Antes do começo da segunda rodada, os Furões discutem o que fazer já que seus adversários estão ignorando as regras. Korra quer fazer o mesmo, mas Mako deduz que eles provavelmente subornaram os árbitros e que se eles tentarem cometer infrações, serão penalizados. Concordando, Korra percebe que se quiserem vencer, terão que fazer isso da forma correta. Quando o jogo recomeça, novamente os adversários dos Furões usam jogadas e golpes ilegais, mas o trio reage e a rodada termina em empate. No desempate, Korra está ansiosa para desafiar Tahno. Os dois dominadores de água se preparam e Tahno provoca a Avatar. Ele consegue se esquivar de um primeiro ataque, mas é surpreendido por um golpe inteligente de Korra e é atingido no rosto por uma corrente de água tão violenta que arranca seu capacete, que vai parar nas arquibancadas. A Avatar aproveita para devolver uma das provocações.

Diante disso, Lin expressa surpresa que Korra seja a reencarnação de Aang, comentando que, diferente do amigo de sua mãe, a jovem é "durona". Tenzin diz que isso é algo que as duas têm em comum, e que poderiam se dar muito bem se Lin desse uma chance para a Avatar.

A equipe de Korra volta a ter esperança de vencer a partida, mas elas logo desaparecem na rodada seguinte, quando seus adversários não param de fazer jogadas ilegais. Até o narrador comenta que é extremamente óbvio que os atuais campeões estão trapaceando, mas os árbitros simplesmente não fazem nada e permitem as irregularidades. Sem poder competir de forma justa, os Furões de Fogo são derrotados e a equipe liderada por Tahno é declarada campeã mais uma vez. Alguns torcedores aplaudem e outros vaiam, quando algumas pessoas na multidão começam a colocar máscaras com a insígnia dos Igualitários. Armados com luvas eletrificadas, esses agentes atacam os policiais, cujos uniformes não podem protegê-los contra os choques. Tenzin e Lin também são atacados.

Tenente eletrocutando os Furões de Fogo

Korra, Mako e Bolin são eletrocutados pelo Tenente

Korra, Mako e Bolin, que ainda estão saindo da piscina após terem sido nocauteados, notam que tem algo estranho acontecendo nas arquibancadas. Antes que possam fazer algo, eles veem a aproximação do Tenente. Korra tenta atacá-lo com dominação de água, mas ele aplica uma descarga elétrica na piscina, ferindo os três jovens. Até o narrador do jogo é atacado em sua cabine, sem deixar de relatar todos os eventos no microfone.

Com as forças de segurança sob controle, Amon surge no ringue acompanhado de alguns de seus seguidores. Eles são brevemente atacados pela equipe que acaba de derrotar os Furões de Fogo mas o confronto termina rápido. O criminoso não hesita em tirar a dominação dos três atletas e jogá-los na água. Na parte de baixo, na piscina, a Avatar, que está sendo amarrada a uma viga junto com Mako e Bolin, começa a recobrar os sentidos após o choque que levou. Ela volta a ter visões confusas de Toph, Aang e Yakone.

Amon com os Igualitários

Amon faz um discurso inflamado e incitador de ódio

Amon faz um discurso sensacionalista e cheio de ódio para os torcedores. Ele diz que faz todo o sentido do mundo que eles celebrem o título de atletas que venceram quebrando as regras e abusando de seus poderes, visto que é isso que os dominadores fazem todos os dias contra os não-dominadores. Ele diz que qualquer dominador do mundo que ficar em seu caminho enfrentará o mesmo destino que os atletas que ele acaba de subjugar, e diz para os não-dominadores que eles agora têm a força, os números e a tecnologia necessários para trazer verdadeira igualdade ao mundo. Ele declara abertamente que a "revolução" começou.

Ao mesmo tempo, abaixo do ringue, Bolin, que também recobrou a consciência, dá instruções para Pabu mastigar as cordas para soltá-los. O animal de estimação demora um pouco para entender o que deve fazer e Amon começa a fugir, subindo em direção a um dirigível que veio buscá-lo voando sobre a Arena. Ao ser finalmente solta, Korra diz para os companheiros que vai atrás do criminoso. Ela faz um movimento de dominação de água para subir em direção ao telhado, mas a altura é muito grande e ela começa a cair. De repente, ela é salva por Lin, que está balançando de seus cabos de metal e arremessa a Avatar para cima.

Lin Beifong dominando metal

Lin ajuda Korra a perseguir e lutar contra os Igualitários

A Avatar consegue derrubar alguns dos Igualitários das plataformas que estão levantando eles em direção ao dirigível, mas não consegue atingir Amon. Ela nota também que vários dos veículos policiais que faziam a segurança da Arena foram destruídos. Sendo derrubada no telhado, ela é atacada pelo Tenente e outros Igualitários. Lin também chega no telhado e uma luta começa. Vendo que o Tenente vai eletrocutar a chefe de polícia, a Avatar vai ajudá-la e os dois lutam ferozmente, enquanto Lin enfrenta e derrota os outros seguidores de Amon que também estão ali. A policial lança um de seus cabos em direção ao dirigível e começa a subir. Após um confronto exaustivo, Korra finalmente derrota o Tenente, mas sem perceber faz com que o teto de vidro abaixo dela ceda. Ao ver que a Avatar está caindo em direção à morte certa, Lin desiste de perseguir o dirigível e vai em socorro de Korra, conseguindo salvá-la. As duas pousam em uma arquibancada.

Após agradecer pela ajuda, Korra e Lin observam a fuga do dirigível. Mako e Bolin se aproximam e abraçam Korra, felizes pela segurança dela. Tenzin também encontra o grupo e consola Lin, que está furiosa tanto por ter falhado quanto por ter caído na armadilha de Amon. O dominador de ar garante que ela não foi a única pessoa que foi enganada e anuncia com muita preocupação que a Cidade República está oficialmente em guerra.

Continuidade e curiosidades[]

  • Nesse episódio, Korra viu mais alguns flashes da mesma cena que ela havia visto no episódio "A Voz na Noite".
  • Essa é a segunda vez em que Amon foi visto tirando a dominação de uma pessoa. A primeira vez havia sido em "A Revelação".
  • Esse é o primeiro episódio da série em que nenhum dos filhos de Tenzin e Pema aparece.
  • Nesse episódio, Korra deduz que Tenzin e Lin namoraram quando eram jovens usando informações que Pema havia contado para ela no episódio "O Espírito de Competição".
  • Esse episódio é a primeira vez em que Tenzin usa dominação de ar para lutar.
  • Durante a partida final, é possível ver nas arquibancadas três fãs vestidos como Korra, Mako e Bolin. É possível que isso seja uma referência aos fãs da vida real que gostam de fazer cosplay de seus personagens favoritos.
Advertisement