Avatar Wiki
Advertisement
Emblema da Nação do Fogo


Este artigo é sobre o dirigível usado pelo Rei Fênix Ozai. Para outros usos semelhantes, veja Dirigível (desambiguação).
Dirigível de Ozai

O dirigível de Ozai liderou a frota para a Floresta Wulong após deixar a ilha.

O dirigível pessoal de Ozai foi um enorme dirigível da força aérea da Nação do Fogo usado pelo Rei Fênix Ozai.

História[]

Após a derrota da Nação do Fogo na batalha pelo Templo do Ar do Norte, as forças lideradas pelo Ministro da Guerra Qin capturaram um balão de guerra experimental construído pelo mecânico,[1] cujo design foi posteriormente atualizado e aprimorado para se tornar o dirigível da Nação do Fogo muito maior.

Base de Ozai

Ozai manteve seu dirigível em uma base secreta.

O dirigível de Ozai foi construído em uma ilha secreta na costa do Reino da Terra, pouco antes da batalha na Floresta Wulong.[2] Quando a frota partiu da ilha, Sokka, Toph e Suki chegaram e conseguiram pular em uma dos dirigíveis regulares, onde perseguiram o dirigível de Ozai. No entanto, o dirigível de Ozai provou ser extremamente rápido, deixando-os incapazes de alcançá-lo.

No entanto, logo depois que a frota de aeronaves começou a devastar o Reino da Terra, Aang chegou e atingiu o dirigível de Ozai com dobra de fogo aprimorada pelo cometa, danificando os rotores do dirigível e fazendo com que ele começasse a cair. Ozai abandonou seu dirigível para realizar seu confronto final com o Avatar, deixando-o cair na floresta abaixo, tornando-o inoperante.[3]

Design[]

A aeronave foi projetada a partir de um dirigível padrão da Nação do Fogo, mas era muito maior. Devido ao seu enorme ego, Ozai não se contentou em ter o mesmo dirigível que o resto de seus homens, então ele ordenou que seus engenheiros construíssem um maior.[4] Na frente estava uma fênix dourada em vez da cabeça de dragão de bronze que as outras naves tinham. A nave também tinha passarelas na parte inferior, onde os dobradores de fogo ficavam e queimavam os alvos inimigos. O dirigível também tinha a adição de um par extra de tubos de admissão aos motores, proporcionando uma velocidade muito mais rápida do que o design de dirigível padrão.[3]

Referências[]

  1. O Templo de Ar do Norte. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 1. Episódio 17. Nickelodeon. (4 de novembro de 2005). Elizabeth Welch Ehasz (roteirista) & Dave Filoni (diretor).
  2. O Cometa de Sozin Parte 1 - O Rei Fenix. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 18. Nickelodeon. (19 de julho de 2008). Michael Dante DiMartino (roteirista) & Ethan Spaulding (diretor).
  3. 3,0 3,1 O Cometa de Sozin Parte 3 - Para o Inferno. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 20. Nickelodeon. (19 de julho de 2008). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos (diretor).
  4. Do antigo site oficial de Avatar: A Lenda de Aang, originalmente em Nick.com. Em inglês; já não mais atualizado, nem disponível. Enciclopédia arquivada em aqui. The Lost Lore of Avatar Aang - Gear: Ozai's Airship.

Veja também[]

Advertisement