Avatar Wiki
Advertisement
Emblema espiritual


A Dama Pintada é um benevolente espírito responsável por cuidar e proteger do rio Jang Hui e da vila de Jang Hui, localizados na Nação do Fogo. Com a construção de uma indústria de armamentos às margens do rio, a poluição gerada pelo carvão utilizado nas fornalhas iniciou a degradação das águas, diminuindo os peixes e a qualidade de vida dos habitantes da aldeia. Katara, então, se disfarça do espírito e começa a curar os doentes na ala hospitalar da vila. A fábrica é destruída pela Equipe Avatar e, por fim, a verdadeira Dama Pintada surge e agradece à Katara.

História[]

A Dama Pintada era originalmente humana e viveu antes de 300 AG. Ela tinha uma relação próxima com a natureza e uma forte ligação com os espíritos. Devido à sua espiritualidade, ela transcendeu para o Mundo Espiritual após a sua morte.

Depois de se tornar um espírito, A Dama Pintada começou a vigiar a cidade fluvial de Jang Hui até que o exército da Nação do fogo construiu uma fábrica no rio da região em 90 DG e começou a poluí-lo descarregando seus resíduos. A poluição levou a Dama Pintada para longe, deixando os aldeões sozinhos para se defenderem.

Anos mais tarde, Katara e seus amigos chegaram à vila, que havia sido deixada privada e devastada por doenças causadas pelos poluentes em suas águas. Através de persuasão intensa de Katara, que se fez passar pela Dama Pintada por vários dias, a equipe Avatar ajudou os aldeões na limpeza do rio. Uma noite ao lado do rio, Katara encontrou-se na presença da verdadeira Dama Pintada, que lhe agradeceu por sua parte na limpeza do Rio Jang Hui.

Aparições[]

Avatar: A Lenda de Aang[]

Livro Três: Fogo[]

Trívia[]

  • Rangi imitou a pintura da Dama Pintada em sua primeira aparição na Companhia da Ópera Voadora;
Advertisement