Avatar Wiki
Advertisement

O confronto em Tu Zin foi uma luta entre a Equipe Avatar, Zuko e Iroh, e a Princesa Azula da Nação do Fogo. Azula tentou capturar ou matar o Avatar Aang depois que ela e suas amigas, Mai e Ty Lee, conseguiram privar a equipe do sono. O confronto ocorreu na cidade abandonada do Reino da Terra de Tu Zin. Tudo começou como uma batalha de três vias entre Azula, Aang e Zuko, mas Aang e Zuko logo se viram auxiliados por seus amigos e familiares, respectivamente. O duelo terminou em um impasse com a acuada Azula ferindo Iroh com uma rajada de fogo repentina antes de escapar sem deixar rastros.[1]

História[]

Cartaz de procurado de Zuko e Iroh

Zuko e Iroh foram declarados traidores pela Princesa Azula.

Azula foi encarregada por seu pai, o Senhor do Fogo Ozai, de prender os cidadãos exilados Iroh e o Príncipe Zuko após a traição de Iroh e o fracasso de Zuko no Polo Norte.[2] Azula encontrou os dois e fingiu que deveria acompanhá-los até sua casa para que Ozai ficasse cercado de familiares, os únicos em quem ele realmente podia confiar. No entanto, Iroh suspeitou da mentira e ele e Zuko escaparam de Azula quando um dos guardas de Azula deixou escapar que eles eram prisioneiros.[3] Não querendo alertá-los de sua presença ou ser desacelerada pela Procissão Real, Azula recrutou Ty Lee e Mai para ajudá-la a caçar Zuko e Iroh. No entanto, na cidade capturada de Omashu, para onde a família de Mai se mudou para supervisionar a ocupação, o grupo de Azula encontrou a Equipe Avatar enquanto tentavam resgatar o Rei Bumi. Foi aqui que Azula encontrou o Avatar pela primeira vez e, embora Aang e seus amigos tenham conseguido evitá-la, Azula foi implacável e continuou a rastreá-los.[4] Após sua fuga, a Equipe Avatar encontrou Toph Beifong para ensinar dobra de terra a Aang.[5]

Enquanto isso, depois de uma briga, Zuko e Iroh seguiram caminhos separados.[6] Zuko se refugiou em uma pequena vila do Reino da Terra, tornando-se amigo de um menino chamado Lee e ficando com sua família por um curto período de tempo. No entanto, quando os moradores descobriram sua verdadeira identidade, ele foi forçado a sair.[7] Enquanto esses eventos aconteciam, Iroh resolveu que, em vez de ouvir Zuko e deixá-lo sozinho, ele o rastrearia secretamente.[1]

Azula e seu grupo seguiram a Equipe Avatar em um trem tanque, seguindo a trilha de pelos de Appa. A Equipe Avatar percebeu o trem e tentou despistá-las, mas o grupo de Azula os seguiu noite adentro, recuperando o atraso antes que qualquer descanso real pudesse ser feito e deixando a Equipe Avatar privada de sono quando a manhã chegou.[1]

Batalha[]

A Equipe Avatar estava rabugenta e nervosa devido à falta de sono e a fuga constante de um inimigo desconhecido, que mais tarde descobriram ser a Princesa Azula e suas duas amigas. A tensão aumentou e, após várias discussões noturnas com Katara, Toph abandonou o grupo. Ela logo encontrou Iroh, que também estava viajando sozinho. Os dois compartilharam uma xícara de chá e uma conversa, nenhum deles se dando conta da identidade da pessoa com quem conversavam. Depois de lavar Appa para livrá-lo de seu pelo solto, os três membros restantes da Equipe Avatar se separaram na esperança de dividir suas perseguidoras e levá-las para fora do curso. Katara e Sokka voaram em Appa em uma direção enquanto Aang usou seu planador para voar na outra com uma bolsa de pelo de Appa, usando-a para deixar uma trilha falsa. Enquanto ele conseguia chamar a atenção de Azula, ela percebeu seu plano e enviou Mai e Ty Lee para seguir Katara e Sokka.

Duelo de três vias

Aang, Zuko e Azula lutaram entre si inicialmente em um duelo a três.

Enquanto Katara e Sokka tentavam encontrar Toph, Mai e Ty Lee os alcançaram. Ty Lee se esquivou dos golpes de dobra de água de Katara enquanto a dobradora de água se esquivava dos movimentos de bloqueio de chi da acrobata. No entanto, Katara acabou presa a uma árvore pelas adagas de Mai, ficando incapaz de dobrar a água. Ty Lee teve melhor sorte com Sokka, tendo praticamente o paralisado. A luta terminou quando Appa empurrou Mai e Ty Lee em direção ao Rio Nan Shan com sua cauda, permitindo que Katara e Sokka escapassem com segurança.

Tendo esgotado seu suprimento de pelos de Appa, Aang decidiu esperar que sua perseguidora o alcançasse na vila abandonada de Tu Zin. Quando Azula chegou e desafiou Aang, Zuko interveio, desviando a atenção de Azula do Avatar. Os três começaram uma longa luta, embora Zuko e Aang tenham passado a maior parte do conflito lutando contra Azula, apenas ocasionalmente lutando entre si quando ela estava momentaneamente incapacitada. Azula conseguiu deixar Zuko inconsciente e prender Aang sob os escombros de um telhado desabado.

Duelo contra Azula

Azula escapou do ataque combinado da Equipe Avatar e Zuko.

Antes que ela pudesse desferir o golpe final, Katara e Sokka chegaram. Eles conseguiram rastrear Azula de volta e a Princesa da Nação do Fogo ficou completamente em menor número quando Toph também se juntou à luta. Zuko acordou e viu Iroh parado acima dele, e todos os seis se uniram contra Azula e a encurralaram. Depois de fingir que estava se rendendo, Iroh ficou momentaneamente distraído quando descobriu que sua nova amiga Toph fazia parte da Equipe Avatar. Azula aproveitou seu lapso momentâneo em sua defesa e o feriu com uma rajada de fogo no peito. Quando Iroh caiu no chão, todos os quatro dobradores restantes encurralando Azula contra-atacaram com um ataque composto de todos os quatro elementos, criando uma enorme explosão. Coberta pela fumaça, poeira e vapor, Azula escapou misteriosamente. Zuko, perturbado, correu em direção a seu tio ferido e forçou a Equipe Avatar a sair, não permitindo que ajudassem Iroh.[1]

Consequências[]

Eventualmente, a Equipe Avatar encontrou um local para dormir em segurança enquanto Zuko cuidava de Iroh. Algum tempo depois, Aang se preparou para aprender a dobrar a terra, enquanto Iroh parcialmente curado ensinou Zuko como redirecionar raios caso ele algum dia enfrentasse Azula novamente.[8]

Aparições[]

Avatar: A Lenda de Aang[]

Livro Dois: Terra (土)[]

Trívia[]

  • O início desta batalha é considerado um impasse mexicano, no qual três partidos independentes se enfrentam. Frequentemente, leva um tempo para começar essa batalha, porque cada parte teme dar o primeiro movimento, ficando vulnerável ao ataque do terceiro.[9]
  • Esta é a primeira vez que todos os quatro elementos foram vistos sendo dobrados ao mesmo tempo e a ordem dos quatro dobradores também segue a ordem do Ciclo Avatar.

Referências[]

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 A Caçada. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 2. Episódio 8. Nickelodeon. (26 de maio de 2006). Joshua Hamilton (roteirista) & Giancarlo Volpe (diretor).
  2. O Cerco do Norte Parte 2. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 1. Episódio 20. Nickelodeon. (2 de dezembro de 2005). Aaron Ehasz (roteirista) & Dave Filoni (diretor).
  3. O Estado Avatar. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 2. Episódio 1. Nickelodeon. (17 de março de 2006). Aaron Ehasz, Elizabeth Welch Ehasz, Tim Hedrick, John O'Bryan (roteiristas) & Giancarlo Volpe (diretor).
  4. Retorno à Omashu. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 2. Episódio 3. Nickelodeon. (7 de abril de 2006). Elizabeth Welch Ehasz (roteirista) & Ethan Spaulding (diretor).
  5. A Bandida Cega. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 2. Episódio 6. Nickelodeon. (5 de maio de 2006). Michael Dante DiMartino (roteirista) & Ethan Spaulding (diretor).
  6. O Dia do Avatar. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 2. Episódio 5. Nickelodeon. (28 de abril de 2006). John O'Bryan (roteirista) & Lauren MacMullan (diretor).
  7. Zuko Sozinho. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 2. Episódio 7. Nickelodeon. (12 de maio de 2006). Elizabeth Welch Ehasz (roteirista) & Lauren MacMullan (diretor).
  8. Trabalho Amargo. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 2. Episódio 9. Nickelodeon. (2 de junho de 2006). Aaron Ehasz (roteirista) & Ethan Spaulding (diretor).
  9. Avatar Extras para "A Caçada" no Nicktoons Network.
Advertisement