Avatar Wiki
Advertisement
Emblema do Reino da Terra


Baatar é um arquiteto e marido de Suyin e pai de seus cinco filhos. Ele ajudou a criar a cidade de Zaofu.[1]

História[]

Vida prévia[]

Suyin contratou Baatar como arquiteto na criação da cidade de Zaofu. Algum tempo depois, os dois se casaram e tiveram cinco filhos: o mais velho, Baatar Jr., tornou-se engenheiro e começou a ajudar Baatar no desenvolvimento de seus muitos projetos de obras públicas, Huan tornou-se um artista, Wei e Wing inventaram o jogo de disco de poder e Opal tornou-se a primeira dobradora de ar de sua família após a Convergência Harmônica.

171 DG[]

Enquanto Suyin oferecia um jantar para Avatar Korra e seus amigos, Baatar passou pelo refeitório e informou sua esposa que ele teria que comer em seu escritório porque teve um grande avanço em relação à remodelação de uma estação de bonde. Suyin permitiu que ele continuasse seu trabalho, ao que Baatar respondeu chamando-a de a melhor. [1]

No dia seguinte, Baatar, junto com Huan, Wei e Wing, foram testemunhas de sua esposa lutando contra sua cunhada, Lin. A luta deles logo terminou quando Opal interveio. Mais tarde naquela noite, Baatar e Suyin deram permissão para Opal viajar para o Templo do Ar do Norte e começar seu treinamento de Dobra de Ar sob Tenzin. [2]

No jantar de despedida de Opal, Baatar observou com admiração enquanto Suyin elogiava sua filha e erguia a taça em um brinde a ela. Mais tarde, ele observou enquanto ela partia para o Templo do Ar do Norte em uma aeronave.[3]

174 DG[]

Traição de Baatar Jr.[]

Quando Kuvira marchou com seu exército para os arredores de Zaofu em 174 DG, Baatar montou um trem de metal em direção a uma posição vantajosa na cidade para ter uma visão geral da situação. Ele se aproximou de sua esposa e anunciou que entraria em contato com o presidente Raiko para receber o apoio das Forças Unidas. No entanto, Suyin respondeu que não importava quem ele chamasse, pois nenhum reforço chegaria a tempo.

Baatar juntou-se à família durante o encontro com Kuvira, Baatar Jr. e Bolin. Ele tentou argumentar com seu filho, apontando que seu lugar era com eles em Zaofu, mas ficou chocado e magoado ao saber que Baatar Jr. não queria voltar, pois sentia que estava vivendo na sombra de seu pai.

À noite, Baatar estava andando pelo jardim quando foi abordado por Korra, que perguntou onde Suyin estava. Preocupado, ele disse ao Avatar que sua esposa e filhos gêmeos foram se infiltrar no acampamento de Kuvira para acabar com a ameaça.[4] Ele ficou sentado em silêncio quando sua filha tentou convencer Korra a agir e ficou chocado ao ouvir Kuvira anunciar pelo sistema de comunicação da cidade que sua esposa havia sido presa. Ele perguntou ao Avatar qual era o seu plano de ação e eventualmente foi deixado para cuidar de Ikki e Meelo enquanto Korra, Opal e Jinora foram negociar com o comandante do exército invasor.

Quando Kuvira mais tarde marchou para a cidade e ordenou que todos se curvassem diante dela ou fossem mandados embora, Baatar e Huan ostensivamente permaneceram de pé, para a raiva de Baatar Jr. Ele foi abordado por seu filho mais velho, que ordenou que ele se curvasse a Kuvira, a quem este último declarou seu "líder legítimo". Recusando-se a seguir a ordem, Baatar calmamente expressou sua decepção com seu filho, antes de ser preso por um soldado do Império.[5]

Fugindo da prisão[]

Baatar, junto com o resto de sua família, foi levado para uma caverna sob uma das fábricas de Kuvira perto de Zaofu. Eles estavam todos presos dentro de uma cela de madeira suspensa com cordas sobre um abismo aparentemente sem fundo. Quando Toph, Lin e Bolin chegaram, ele foi alertado de sua presença por sua esposa e observou como Lin balançava cada um de seus filhos no ar com seus cabos de metal para Bolin pegá-los. Com medo de altura, Baatar se encolheu em um canto da cela de madeira, onde se agarrou às barras e implorou a Lin que o deixasse ali. Sua cunhada ignorou suas objeções, no entanto, e empurrou-o à força para a rota de fuga improvisada. Quando ele deu uma cambalhota no ar, seus gritos alertaram involuntariamente os guardas, que soaram o alarme. Baatar e os outros chegaram em segurança à superfície, no entanto, onde ele se reencontrou com sua filha, a quem ele abraçou calorosamente. Depois que Opal e Bolin saíram para salvar Zhu Li e Suyin, Lin, Wei e Wing tentaram derrubar o canhão de energia espiritual de Kuvira, ele foi deixado para trás com Huan sob os cuidados de Toph. Quando ele tentou bater um papo com sua sogra, no entanto, perguntando como ela estava e chamando-a de "mãe", ele foi prontamente lembrado de nunca chamá-la assim. Mais tarde, ele escapou com sua família, Bolin e Zhu Li para um local seguro em Juicy. [6]

Personalidade[]

Baatar é um pai bondoso e calmo para suas crianças e um amado marido para sua esposa. Ele é um arquiteto muito ocupado que as vezes prefere dedicar seu tempo ao trabalho ao invés de compartilhar uma refeição com sua família. Baatar também é corajoso quando necessário encarar figuras de autoridade.

Família[]

   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
Lu
   
   
Wumei
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
Descendentes
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
Lao
   
   
Poppy
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
Kanto
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
Toph
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
Lin
   
   
Suyin
   
   
Baatar
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
Baatar Jr.
   
   
Huan
   
   
Opal
   
   
Wei
   
   
Wing

Trívia[]

  • Baatar tem medo de altura.
  • Baatar é o segundo personagem a ter um filho com o mesmo nome que ele. O primeiro foi Chan e o terceiro Chow.

Referências[]

  1. 1,0 1,1 O Clã do Metal. A Lenda de Korra. Temporada 2. Episódio 5. Nickelodeon. (11 de julho de 2014). Michael Dante DiMartino (roteirista) & Colin Heck (diretor).
  2. Velhas Feridas. A Lenda de Korra. Temporada 2. Episódio 6. Nickelodeon. (18 de julho de 2014). Katie Mattila (roteirista) & Ian Graham (diretor).
  3. O Terror Interno. A Lenda de Korra. Temporada 2. Episódio 8. Nickelodeon. (25 de julho de 2014). Joshua Hamilton (roteirista) & Colin Heck (diretor).
  4. Inimigo nos Portões. A Lenda de Korra. Temporada 2. Episódio 18. Nick.com. (31 de outubro de 2014). Joshua Hamilton (roteirista) & Ian Graham (diretor).
  5. Batalha de Zaofu. A Lenda de Korra. Temporada 2. Episódio 19. Nick.com. (7 de novembro de 2014). Tim Hedrick (roteirista) & Melchior Zwyer (diretor).
  6. Operação Beifong. A Lenda de Korra. Temporada 2. Episódio 23. Nick.com. (5 de dezembro de 2014). Tim Hedrick (roteirista) & Melchior Zwyer (diretor).
Advertisement