Avatar Wiki
Advertisement
Emblema da Nação do Fogo


Ameias

Ameias protegem a entrada da Capital da Nação do Fogo.

As ameias da Nação do Fogo são pequenas estruturas semelhantes a torres que abrigam dobradores de fogo e balistas, grandes armas do tipo besta. Normalmente, há pelo menos dois soldados em cada ameia. As bestas disparam lanças, que estão presas a correntes; se perfuram o casco de um barco, a corrente é puxada para trás para puxar o veículo para fora da água, tornando-o vulnerável a ataques de soldados. No entanto, as correntes são relativamente fracas, pois Katara conseguiu cortar uma delas com apenas um golpe de água.[1]

Ameias flanqueavam o único caminho que levava da praia à Capital da Nação do Fogo. Algumas dessas estruturas eram suportadas por plataformas triangulares, enquanto outras repousavam em penhascos não pavimentados. Apesar de serem da mesma estrutura, eles parecem vir em tamanhos diferentes.[1][2]

História[]

Durante seu reinado, o Senhor do Fogo Sozin projetou uma série de ziguezagues levando à Capital da Nação do Fogo, armando o caminho com várias ameias e torres de vigia para criar uma das estradas mais estreitamente fortificadas do mundo.[3]

Quando os submarinos da força de invasão entraram nas águas rasas e claras da entrada da baía da Capital da Nação do Fogo, foram facilmente descobertos pelos guardas que soaram o alarme. Como meio de defesa, os guardas atiraram arpões gigantes nos veículos invasores de suas ameias, conseguindo perfurar o casco de um dos submarinos. Os guardas começaram a içá-lo para fora da água, mas antes que o submarino pudesse ser completamente exposto aos ataques dos defensores, Katara interveio cortando a corrente do arpão com sua dobra de água.[1]

Depois que as tropas chegaram à praia, os soldados que guarneciam as ameias começaram a bombardear os invasores com bombas disparadas das ameias na tentativa de repeli-los. Os invasores contra-atacaram, porém, com pedras que haviam trazido em caminhões de abastecimento. Toph, O Pedregulho e O Grande e Malvado Hippo derrubaram a primeira ameia dobrando as pedras na ameia, tornando-a inutilizável. Huu, lutando como o "monstro do pântano", derrubou outra ameia jogando um dos tanques tundra da Nação do Fogo na estrutura, fazendo-a explodir.[1]

Besta da Ameia

Hakoda destruiu uma ameia com duas granadas certeiras.

Os projéteis disparados das ameias provaram ser o maior problema para a força de invasão, pois as bombas conseguiram causar muitos danos aos tanques de dobra de terra, aos caminhões de abastecimento que transportavam pedras e até mesmo ao monstro do pântano de Huu, cujo braço esquerdo era explodido por um projétil dessas ameias. Percebendo que sua única chance de uma invasão bem-sucedida era derrubar as ameias, Hakoda, Sokka e Katara embarcaram em Appa e se prepararam para um ataque aéreo. Ao passarem pela primeira ameia, Sokka desarmou a besta, cortando-a ao meio com sua espada. Hakoda derrubou a próximo jogando duas bombas no prédio e Katara congelou os guardas e o armamento de uma terceira ameia com sua dominação de água. O trio pousou em um penhasco entre duas ameias e se dividiu. Sokka e Katara derrubaram outra ameia com facilidade: Katara desarmou os guardas com sua dobra, dando a Sokka a oportunidade de cortar a besta. Hakoda, entretanto, teve mais problemas com o dele. Embora ele tenha conseguido tirar a ameia com sucesso, ele se feriu no processo.[1]

Depois de destruir as ameias que protegiam a entrada do porto da Nação do Fogo, a força invasora avançou e começou a subir o vulcão que continha a capital da Nação do Fogo. O caminho, entretanto, estava alinhado com muito mais ameias. Elas foram facilmente derrubadas por O Pedregulho, O Hippo e outros dobradores de terra, criando uma avalanche que fez com que as ameias deslizassem pela encosta do vulcão.[2]

A Nação do Fogo eventualmente reparou ou substituiu muitas dessas ameias imediatamente após a invasão ser repelida, já que a capital não mostrou sinais visíveis de danos mais tarde, durante a coroação do Senhor do Fogo Ozai como Rei Fênix.[4]

Design[]

Exterior[]

As ameias posicionadas ao lado do caminho que leva à base do vulcão que abriga a capital da Nação do Fogo são de forma octogonal. Eram construídos com pedras fortes e cinzentas, não deixando aberturas, exceto uma única porta de metal e um olho mágico voltado para o caminho. Uma grande besta de metal se projeta parcialmente deste olho mágico, permitindo que ela mude de direção para fornecer ao guarda uma mira melhor. As grossas paredes das ameias suportam um telhado vermelho com pormenores amarelos, dando-lhe um aspecto semelhante a um pagode ou a um pequeno pavilhão.[1][2]

Interior[]

O interior da ameia é bastante escuro devido à iluminação limitada e consiste em um único cômodo com um primeiro andar aberto feito de madeira. A ameia não abriga itens para o conforto dos soldados, pois contém apenas objetos usados na batalha. Existem vários barris contendo explosivo plástico para abastecer as bombas, um suporte para arpões extras e um pequeno dispositivo semelhante a uma balista equipado com um guincho usado para puxar veículos que foram capturados com o arpão. Presa ao dispositivo está uma grande besta de metal que serve como arma principal da ameia. No meio da única sala está uma escada para permitir que os soldados que guarnecem a ameia mudem de nível facilmente.[2]

Referências[]

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 O Dia do Sol Negro Parte 1 - A Invasão. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 10. Nickelodeon. (30 de novembro de 2007). Michael Dante DiMartino (roteirista) & Giancarlo Volpe (diretor).
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 O Dia do Sol Negro Parte 2 - O Eclipse. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 11. Nickelodeon. (30 de novembro de 2007). Aaron Ehasz (roteirista) & Joaquim Dos Santos (diretor).
  3. DiMartino, Michael Dante; Konietzko, Bryan; Yang, Gene Luen (autor), Sasaki of Gurihiru (penciling, inking), Kawano of Gurihiru (colorista), Heisler, Michael; Comicraft (letrista). Sombra e Fumaça Parte Um (23 de setembro de 2015), Dark Horse Comics.
  4. O Cometa de Sozin Parte 1 - O Rei Fenix. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 18. Nickelodeon. (19 de julho de 2008). Michael Dante DiMartino (roteirista) & Ethan Spaulding (diretor).

Veja também[]

Advertisement