Avatar Wiki
Advertisement
Zuko tenta se explicar
Bem, esse não é o nome disso... mas...

O termo "Agni Kai sob o Cometa" não foi confirmado por fontes oficiais.

O Agni Kai sob o Cometa foi um Agni Kai altamente destrutivo disputado entre o Príncipe Zuko e a Princesa Azula durante a passagem do Cometa de Sozin. Infligiu danos significativos de incêndio nas áreas circundantes. A maior parte da batalha foi entre Zuko e Azula, mas Katara interveio depois que Zuko foi atingido por um raio tentando protegê-la, um golpe que o incapacitou de lutar.[1]

A batalha teve grande significado político, já que os dois desafiadores estavam lutando pelo direito à posição de Senhor do Fogo, e também foi estrategicamente importante, já que Zuko e Katara foram capazes de derrotar a Princesa Azula e ganhar o controle da Nação do Fogo em concordância com a vitória de Aang sobre o Rei Fênix Ozai, a libertação de Ba Sing Se e a destruição da frota de dirigíveis da Nação do Fogo.[3]

Também foram notáveis ​​as atitudes dos combatentes da batalha. Azula era conhecida por ser calma, precisa e mortal, enquanto Zuko era conhecido por seu temperamento explosivo. O Agni Kai demonstrou como os eventos recentes afetaram os dois irmãos, quando Azula perdeu o resto da sanidade e Zuko conseguiu ganhar a vantagem mantendo o foco e a compostura.[1]

História[]

Zuko e Azula tinham uma longa história de inimizade. Zuko estava infeliz porque Ozai favorecia profundamente Azula em vez dele;[4] da mesma forma, Azula estava chateada porque Ursa, sua mãe, favorecia profundamente Zuko.[5] Essa competição infantil se expandiu para extrema desconfiança e até ódio. Ambos também foram os primeiros na linha de sucessão, devido ao exílio de três anos de Zuko, que resultou em sua remoção temporária da linha de sucessão.

Antes da chegada do Cometa de Sozin, o Príncipe Zuko, junto com seus aliados da Equipe Avatar, se reuniu com seu tio Iroh nos limites de Ba Sing Se, onde Iroh estava se preparando para liderar a Ordem do Lótus Branco em sua missão de libertar a cidade. Iroh afirmou que Zuko tinha que reivindicar seu título legítimo como Senhor do Fogo, já que Ozai e Azula não eram adequados para ocupar uma posição tão vital. O próprio Iroh não se considerava apto para governar, apesar de ser o herdeiro legítimo antes da ascensão de Ozai; ele acreditava que a história veria isso como uma luta pelo poder entre dois irmãos, em vez de o mundo retornar a um estado de paz. Zuko teve que aceitar o papel para garantir a paz entre as quatro nações. No entanto, Azula não desistiria de seu trono sem lutar. Zuko concordou em enfrentá-la em uma última batalha, com Katara para ajudá-lo. Zuko e Katara partiram imediatamente para a Capital da Nação do Fogo para cumprir sua missão.[6]

Agni Kai[]

Zuko com a dobra aprimorada

Zuko ficou calmo e focado durante toda a luta.

O Agni Kai ocorreu na noite da chegada do Cometa de Sozin, que retornava à Terra a cada cem anos e aumentava enormemente os poderes de dobra de fogo de todos os dobradores de fogo ao redor do mundo. Zuko e Katara chegaram à Cidade Capital algum tempo depois que o cometa apareceu nos céus, e quando os Sábios do Fogo estavam prestes a coroar Azula como Senhora do Fogo, Zuko declarou que ele se tornaria Senhor do Fogo, não ela. Se divertindo, Azula desafiou Zuko para um Agni Kai, "o duelo que já deveria ter acontecido". Zuko aceitou, para grande choque de Katara. Zuko afirmou que não queria que Katara lutasse quando a batalha começasse, pois embora ele tivesse reconhecido que não poderia derrotar Azula sozinho, o estado mental de Azula havia se deteriorado com a traição de suas amigas Mai e Ty Lee.[2] Em suas próprias palavras: "Tem alguma coisa diferente nela; Eu não sei explicar, mas ela tá estranha". Ele raciocinou que isso enfraqueceria sua destreza, permitindo que Zuko lidasse com ela sem o risco de Katara se machucar. Katara consentiu e ficou longe do pátio.

Zuko luta com Azula

Azula incapaz de acertar um golpe.

Zuko e Azula assumiram suas respectivas posições de cada lado da praça da coroação. Azula sarcasticamente se desculpou com o irmão por como aquilo tinha que terminar, mas Zuko friamente a repreendeu pela mentira e o duelo começou. Com a dobra de fogo de ambos drasticamente aumentada pelo cometa, Zuko e Azula dispararam enormes rajadas de fogo, com Zuko, apesar de sua experiência apenas com chamas vermelhas e laranjas, rivalizou igualmente com os ataques repetidos de Azula com fogo azul devido ao quanto sua dobra de fogo melhorou muito e capaz de lançar seus próprios ataques a irmã. À medida que a sanidade de Azula continuava a desmoronar, ela se exauria facilmente e seus ataques se tornavam menos eficazes e ela começou a ser oprimida pela destreza de seu irmão em dobrar o fogo, até o ponto de ficar visivelmente assustada.

Azula tentou cercar Zuko, aumentando sua mobilidade por propulsão com jatos de fogo, enquanto Zuko tentou, em vão, acertá-la. No entanto, ele desencadeou um chute giratório de fogo que conseguiu derrubá-la. Provocando-a, ele tentou coagir sua irmã a recorrer à geração de raios, a fim de utilizar esse poder contra ela. Apesar da consciência de Azula sobre as habilidades de redirecionamento de raios de Zuko, conforme demonstrado quando ele a usou contra o pai, ela sucumbiu à provocação dele e preparou tal ataque. Zuko, entretanto, se preparou para executar sua técnica de redirecionamento, percebendo que o sucesso poderia determinar sua vitória.

No entanto, percebendo Katara de pé atrás de seu irmão, Azula mudou seus planos no último minuto e direcionou o raio para a despreparada e chocada Katara, que assistiu congelada de horror enquanto o ataque se aproximava. Zuko percebeu o que Azula estava fazendo e saltou na direção do raio. Pegando a carga no ar sem ter a postura adequada, ele absorveu toda a força da explosão e, embora tenha sido bem sucedido em redirecionar a energia do raio para evitar ferimentos mortais, a energia intensa o deixou gravemente ferido e paralisado, incapaz de continuar a luta.[1]

Intervenção de Katara[]

Luta de Katara e Azula

Katara foi forçada a fugir enquanto Azula tentava ataques violentos.

Com Zuko fora de ação, Katara foi forçada a enfrentar Azula enlouquecida e violenta sozinha, mas suas tentativas de contra-ataque foram inúteis quando Azula a privou de qualquer grande fonte de água, deixando-a vulnerável. Katara se protegeu, procurando desesperadamente por água, enquanto a princesa da Nação do Fogo insultava a dupla e usava sua dobra de fogo para perseguir a dobradora de água pela arena, com a intenção de matá-la. Finalmente, Katara encontrou um ralo cheio de água, assim como um conjunto de correntes e articulou um plano para derrotar Azula. Quando a princesa a encurralou logo depois e se preparou para um ataque final, Katara a enganou para que ficasse acima do ralo e, assim que Azula se preparou para atacar, puxou a água, congelando as duas no gelo. Incapaz de se mover, Azula assistiu impotente enquanto Katara liquefazia o gelo em torno de si e acorrentava as mãos de Azula à grade do ralo. Liquefazendo o gelo completamente, ela apertou as correntes para garantir que Azula não pudesse escapar, efetivamente desarmando-a.

Katara congela Azula

Katara prendeu Azula em uma cúpula de gelo.

Katara correu para o lado de Zuko para curar sua ferida e ficou aliviada ao ver que ele estava bem. Ele agradeceu por ter salvado sua vida, embora Katara respondesse que ela precisava agradecê-lo. Quando Azula viu Zuko se levantando, ela finalmente caiu na insanidade; gritando e respirando fogo em todas as direções, ela lutou para se libertar até que se jogou de lado e soluçou incontrolavelmente. Zuko e Katara assistiram com choque e pena Azula perder o controle de suas emoções.[3]

Consequências[]

Senhor do Fogo Zuko

Zuko foi coroado o novo Senhor do Fogo após a derrota de Azula, trazendo ao mundo uma nova era de amor e paz.

A derrota de Azula coincidiu com a derrota do Rei Fênix Ozai nas mãos de Avatar Aang e a libertação de Ba Sing Se. Essas vitórias resultaram efetivamente na derrota da Nação do Fogo e na libertação de todos os territórios conquistados. No dia seguinte, Zuko subiu ao trono como Senhor do Fogo e declarou o fim da Guerra dos Cem Anos, prometendo restaurar a paz ao mundo e ajudando na reconstrução mundial para trazer uma era de amor e paz. A vitória final de Zuko garantiu a estabilidade do mundo e o fim de todas as hostilidades.[3]

Enquanto Zuko aprisionava o Rei Fênix Ozai, ele sentia pena do estado atual de Azula e ao invés de piorá-lo permitindo que ela apodrecesse na prisão, em vez disso a transferiu para um centro de saúde mental em uma ilha próxima para supervisão constante e possível tratamento de sua condição atual.[7]


Aparições[]

Avatar: A Lenda de Aang[]

Livro Três: Fogo (火)[]

Trívia[]

  • O título da faixa de música instrumental que toca durante esta batalha chama-se "O Último Agni Kai". A música durante essa luta tornou-se mais proeminente do que o SFX para efeito dramático.
  • A ideia de que Zuko e Katara enfrentariam Azula no Palácio Real é uma ideia que teve suas origens em 2003, durante uma sessão de debate de ideias entre os dois criadores. Portanto, a ideia é anterior ao episódio piloto.[8]
  • Antes desta batalha, a última vez que Zuko, Katara e Azula lutaram exclusivamente entre si foi em "As Encruzilhadas do Destino". A única diferença foi que os irmãos duelaram contra Katara e terminou com uma vitória rápida para os dois. Essa luta durou muito mais tempo, mesmo com Azula em seu estado quase psicótico.

Referências[]

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 O Cometa de Sozin Parte 3 - Para o Inferno. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 20. Nickelodeon. (19 de julho de 2008). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos (diretor).
  2. 2,0 2,1 A Rocha Fervente - Parte 2. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 15. Nickelodeon. (16 de julho de 2008). Joshua Hamilton (roteirista) & Ethan Spaulding (diretor).
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 3,5 O Cometa de Sozin Parte 4 - O Avatar Aang. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 21. Nickelodeon. (19 de julho de 2008). Michael Dante DiMartino, Bryan Konietzko (roteiristas) & Joaquim Dos Santos (diretor).
  4. O Cerco do Norte Parte 2. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 1. Episódio 20. Nickelodeon. (2 de dezembro de 2005). Aaron Ehasz (roteirista) & Dave Filoni (diretor).
  5. A Praia. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 5. Nickelodeon. (19 de outubro de 2007). Katie Mattila (roteirista) & Joaquim Dos Santos (diretor).
  6. O Cometa de Sozin Parte 2 - Os Velhos Mestres. Avatar: A Lenda de Aang. Temporada 3. Episódio 19. Nickelodeon. (19 de julho de 2008). Aaron Ehasz (roteirista) & Giancarlo Volpe (diretor).
  7. Do antigo site oficial de Avatar: A Lenda de Aang, originalmente em Nick.com. Em inglês; já não mais atualizado, nem disponível. Enciclopédia arquivada em aqui. The Lost Lore of Avatar Aang - Character: Azula.
  8. Avatar: A Lenda de Aang - Arte da Série Animada
Advertisement